As seis línguas oficiais da ONU

Línguas oficiais da ONU

Vocês sabiam que a Organização das Nações Unidas tem seis línguas oficiais?

Os documentos oficiais da ONU estão escritos nestas seis línguas e, além disso, durante as reuniões, os membros da ONU também se comunicam nestes idiomas. Ou seja, o representante de cada país que forma as Nações Unidas pode falar em qualquer dessas seis língua oficiais, que são as seguintes: espanhol, inglês, chinês, russo, francês e árabe.

Inglês (English): o inglês é a língua oficial e secundária, por lei, em 54 países. Estimasse que os falantes de inglês como língua secundária podem variar drasticamente de 470 milhões até mais de 1 bilhão de pessoas, dependendo de como são medidos a alfabetização e domínio da língua. É uma língua germânica ocidental que surgiu nos reinos anglo-saxônicos da Inglaterra e se espalhou para o que viria a tornar-se o sudeste da Escócia, sob a influência do reino anglo medieval da Nortúmbria.

Espanhol (Español/Castellano): o espanhol é a língua nacional de 22 estados soberanos. Também é a língua secundária ou cultural em 11 países e territórios. O castelhano ou espanhol é uma língua românica do grupo ibero-românico que evoluiu a partir de vários dialetos do latim falados no centro-norte da Península Ibérica por volta do século IX e gradualmente, espalhou-se com a expansão do Reino de Castela (presente no norte da Espanha) para o centro e o sul da Península Ibérica durante a Idade Média.

Francês (Français): o francês é a língua oficial em 29 países e muitos deles possuem uma outra língua adicional. Uma parte substancial da população europeia fala inglês (38%) e francês (20%). Trata-se de uma língua românica que descende do Latim falado através do Império Romano. Seu desenvolvimento também foi influenciado pelas línguas celtas nativas da Gália antes da chegada dos romanos e pela língua frâncica dos invasores francos após a partida dos romanos.

Árabe (العربية): Vinte e sete países nomeiam o árabe como sua língua oficial. Em alguns desses países, o árabe é falado pela minoria. É uma língua semita central, parente próxima do hebraico e das línguas neo-aramaicas. A língua árabe tem mais falantes do que qualquer outro idioma na família linguística semita e é a língua litúrgica do islamismo por ser o idioma no qual o Corão, o livro sagrado islâmico, foi escrito. A língua tem diversas variantes, distribuídas geograficamente por diversos locais, muitas das quais são mutuamente inteligíveis. O árabe padrão moderno (por vezes chamado de árabe literário) é a versão amplamente ensinada em escolas e universidades, e utilizada em ambientes de trabalho, órgãos governamentais e na mídia. O árabe padrão moderno é derivado do árabe clássico, único sobrevivente do grupo dialetal conhecido como árabe antigo setentrional, cuja existência é atestada em inscrições árabes pré-islâmicas que datam do século IV d.C.

Russo (русский язык): o russo é a língua oficial de 5 países e também é falado por minorias em 11 países e territórios. O russo é uma língua eslava, o idioma mais difundido, em termos geográficos, de toda a Eurásia, a mais falada das línguas eslavas e a língua materna mais falada na Europa. O russo pertence à família linguística indo-europeia, e é um dos poucos membros ainda existentes das línguas eslavas orientais; foram encontrados exemplos de inscrições feitas no antigo eslavônico oriental que datam do século X.

Chinês (汉语): o chinês é a língua oficial de 5 países. Também é a língua secundária ou cultural em 4 países. O que habitualmente se chama língua chinesa é, na verdade, uma família linguística que pertence ao tronco linguístico sino-tibetano. Aproximadamente, a quinta parte dos habitantes da Terra fala alguma forma de chinês como língua materna, tornando, a língua chinesa, a mais falada no planeta, embora não a mais difundida. É uma língua tonal, isolante e, basicamente, monossilábica.

Assim fica mais fácil descobrir qual em qual língua você pode investir aprender e que lhe será útil para um futuro trabalho ou simplesmente para se comunicar com o mundo.


Sobre a imagem no início do post: Logo da ONU. © 2015.
Fonte de apoio para o artigo: W3Tech, Dados Estatísticos dos Países e Wikipedia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *